outubro 22 2015

Especial Lixo!

lixo-mental“(…)De longe, a versão predominante da ecologia é a da ecologia do medo – medo da catástrofe, humana ou natural, que pode perturbar profundamente ou mesmo destruir a civilização humana. Essa ecologia do medo tem todas as oportunidades de se converter na forma ideológica predominante do capitalismo global, um novo ópio das massas que sucede o da religião. Assume a função fundamental da religião, aquela de impor uma autoridade inquestionável que estabelece todo limite.Apesar de os ecologistas exigirem permanentemente que mudemos radicalmente nossa forma de vida, é precisamente isso que subjaz a essa exigência no seu oposto, isto é, uma profunda desconfiança em relação à mudança, em relação ao desenvolvimento, em relação ao progresso: cada transformação radical pode conter a consequência inestimada de detonar uma catástrofe. É exatamente essa desconfiança que converte a ecologia em um candidato ideal para tomar o lugar de uma ideologia hegemônica, pois faz eco da desconfiança em relação aos grandes atos coletivos.(…)”

MAIS AQUI!

Um dos resultados do consumismo desenfreado é a geração excessiva de resíduos descartáveis, em outras palavras, o LIXO, que pode ser de origem gasosa, sólida ou líquida. Depositados em terrenos destinados a recebê-los ou simplesmente largados na rua, causam enorme impacto à natureza.

É o que vem ocorrendo nos Oceanos, com as Ilhas de Plástico que aumentam a cada dia. Por ser tão barato, popular e descartável, o plástico torna-se o elemento mais volumoso em nossa rotina cotidiana, e consequentemente também em ruas, aterros, lixões, rios e oceanos.

CONTINUE LENDO AQUI!

saiba mais sobre o lixo aqui:
http://www.centrodeensinounificado.com.br/wordpress/?p=1106
http://www.centrodeensinounificado.com.br/wordpress/?p=1244
http://webholic.com.br/25-infograficos-indispensaveis-para-entender-o-lixo-eletronico/

Share on Tumblr


Copyright © 2015. Blog Eja EAD. Todos os direitos reservados.

Posted 22 de outubro de 2015 by Alexsandro in category ESTUDOS

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>